27 de abr de 2009

Dar não é fazer amor

Fiquei um tempo sem postar pois tive preguiça esqueci a senha, me desculpem.

H
oje na escola, uma professora me passou a seguinte crônica, mas só pra mim.

Dar é dar.
Fazer amor é lindo, é sublime, é encantador, é esplêndido.
Mas dar é bom pra cacete.
Dar é aquela coisa que alguém te puxa os cabelos da nuca...
Te chama de nomes que eu não escreveria...
Não te vira com delicadeza...
Não sente vergonha de ritmos animais. Dar é bom.
Melhor do que dar, só dar por dar.
Dar sem querer casar....
Sem querer apresentar pra mãe...
Sem querer dar o primeiro abraço no Ano Novo.
Dar porque o cara te esquenta a coluna vertebral...
Te amolece o gingado...
Te molha o instinto.
Dar porque a vida é estressante e dar relaxa.
Dar porque se você não der para ele hoje, vai dar amanhã, ou depois de amanhã.
Tem pessoas que você vai acabar dando, não tem jeito.
Dar sem esperar ouvir promessas, sem esperar ouvir carinhos, sem esperar ouvir futuro.
Dar é bom, na hora.
Durante um mês.
Para os mais desavisados, talvez anos.

Mas dar é dar demais e ficar vazio.
Dar é não ganhar.
É não ganhar um eu te amo baixinho perdido no meio do escuro.
É não ganhar uma mão no ombro quando o caos da cidade parece querer te abduzir.
É não ter alguém pra querer casar, para apresentar pra mãe, pra dar o primeiro abraço de Ano Novo e pra falar:
"Que que cê acha amor?".
É não ter companhia garantida para viajar.
É não ter para quem ligar quando recebe uma boa notícia.
Dar é não querer dormir encaixadinho...
É não ter alguém para ouvir seus dengos...
Mas dar é inevitável, dê mesmo, dê sempre, dê muito.

Mas dê mais ainda, muito mais do que qualquer coisa, uma chance ao amor.
Esse sim é o maior tesão.
Esse sim relaxa, cura o mau humor, ameniza todas as crises e faz você flutuar

Experimente ser amado...

Luís Fernando Veríssimo

Então vamos juntar o útil ao agradável e dar pra quem nos ama (:




18 comentários:

Paredes Vazadas disse...

Nossa! Esse poema é bem legal... se for dá uma analisada além do óbvio, dá para pensar "n" coisas... xD

Adorei mah!

BáhH LInda =] disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bárbara Ariella =) disse...

Nuss a mah sempre da uma dessas bem estravagantes, amei demais rilitros*, amo vc demais garotas e amei o poema... beijos

Miriam disse...

Maaah
altos hein
nem vou te falar o que isso me lembra :x
haha
mas é a vida né
agora que eu vi que esse blog tá ficando o bicho, sem mentira nenhuma
parabéns :D
beijão Mah :* te amo

danielli duarte, disse...

Adorei o poema, muito reletidor!
Ótimo para as virgens...
beijos Mah!

Nandy disse...

Amei!!!!!!!!!!!!!!

• Elizia • disse...

Bonito o poema, e se for parar pra analisar deve ser verdade, beijinhos que blog mara

Tobias de Melo" disse...

Muito legal guria !!
Não sou mulher,
mas comer por comer é massa,
mas comer por amor é foda !!

*ah..desculpa as palavras,
mas tô em casa né ?! *

he he he he

Ficou massa :)

JOão disse...

ficou massa [2]

Ainda terminou com uma do Veríssimo!

No início eu pensei: "q COISA loca é essa?"
Mas dpois que li o poema todo entendi.
Vamos daaar....



Uma chance ao amor.rsrs

Juslene Lobeu disse...

Uau!!

Adorei o poema!!!

Xou de bola!!!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
JaCoNa disse...

Ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!! Verissimo é d+! Isso é mais uma crônica que um poema!
Divino!
haushauhush! Vou copiar akew pq keru guardar! =D
Bjaummmmmmm

dona_alice disse...

Eu ja conhecia esse texto!
E, não sei pq, mas eu sempre dou risada quando leio a parte do "Tem pessoas que você vai acabar dando, não tem jeito."
uhauhauhauhahuuha

Marina disse...

muito bom mesmo. concordo com tudo, rsrs

Caroline Ortiz disse...

Adorei esse poema, é bem direto e fala o que muitas pessoas gostariam de dizer mais não tem coragem, tem mais é que dar mesmo.

sofismo disse...

Adorei seu comentário final.
Até hoje não conheci nenhuma mulher que saiba somente DAR.
Parabéns pelo post.
aparece lá no meu blog
www.sofismo.wordpress.com

Taâh disse...

Nossa esse texto do Luis é muito bom... Fiz um trabalho sobre ele na escola, ela é incrivél oq ele faz com as palavras é algo surreal.. Amo os textos dele, caso ñ tenha visto mais nenhum dele, procure, são muito bons !

Antônio & Jéssica disse...

Maravilhoso mesmo
xD