30 de set de 2009

Va fa napoli

Além de roubar aquele que foi capaz de me amar, roubou também meu sonho.
Roube-me também a vida... não falta muito para você conseguir.
Sim, isso é para alguém que me tirou as únicas coisas que eu tinha.
Não citarei seu nome, não vale a pena.
Não, eu não a odeio. Pelo contrário, quero seu bem.
Alguns daqui devem conhecê-la, ela participa do programa Temporada de Moda Capricho, que passa toda quarta, às 21horas no Boomerang. Espero que ela vença, para assim realizar o seu sonho, já que o meu, ela realizou por tabela.
Enfim, ela não é o caso, só um desabafo mesmo.
Ultimamente andei lendo o livro Lua Nova, não porque concordo com a fantasia (vampiros deveriam ser incinerados pela luz solar, não brilharem lindamente como diamantes), mas porque estava vivendo do ócio e precisava de algo para fazer urgentemente, e assumo que mesmo lendo o livro com certo receio, gostei e lerei os outros dois, e quando sair o Sol da Meia-Noite, também lerei.
O que me chamou a atenção é que a protagonista descreve sua dor/tristeza como "um buraco em seu peito", e, quando decepcionada, triste ou algo assim, perde o ar, sente uma dor como se fosse um estilete estivesse rasgando-o e deixando inflamar.
O que isso tem a ver comigo? Bom... nada, a não ser o fato de que o meu "buraco" estava cicatrizando, mas agora, parece que jogaram gasolina e acenderam um fósforo lá dentro.
Estou queimando por dentro, mas sou falsa o suficiente para não deixar isso transparecer.

8 comentários:

Hermilson Sousa disse...

tem certeza que c quer o bem da criatura lá?
hehe. pelo texto, parece q a odeia, diferente do que tenta dizer no proprio texto.
belo desabafo!

gostei do blog, e do bonequinho comendo o blog tbm, hihihi.
passa lá:
http://hermilson-sousa.blogspot.com/

Diih disse...

1 gostaria de agradecer a atenção e o comentário no meu blog

2 nuss ainda nao li lua nova alias so li um livro na vida A Cabana amo di paixão mas voltando ao seu post

sei oque voçe ta passando achou que tinha esquecido por que a dor deu um descanso mas agora ela voltou mas forte do que antes a dor di um amor machuca por que doe dentro doe no coração e a cura

e o próprio veneno só o amor poder cura o amor ... boa sorte anjo .

Jess disse...

Oi querida, indiquei um selo pra você lá no meu Blog.

http://dasgarotasjornal.blogspot.com/

Caroline Ortiz disse...

O post foi uma forma indereta de dizer que a odeia, com palavras discretas que nem todas perceberão este fato.
Pelo menos a falsidade serve para alguma coisa nessa vida.

Minerva 02 disse...

Nossa fiquei de boca aberta com seu texto.
è como se tivesse dizendo que não esta feliz com alguém , mas sem precisar ofender .
Por isso eu adoro seus textos ^^
Mas a dor não é eterna (ainda bem)
Bjos

Evelyn Oliveira disse...

Eu dei as costas para a febre crepúsculo e disse: "que bosta".
Um dia desses estava sem nada a fazer "vamos ver esse filme aqui disponível na internet!". e então "que merda! gostei, acho que vou atrás do livro!"

kkk


Dando uma passadinha rápida para dar uma espiada no seu cantinho e deixar um abraço!
espero que tenha uma ótima semana!

Bjs e até +

Bárbara disse...

Porque eu sempre amo seus post.

BeeiijoO's.

Lua disse...

oiii, eu AMEI o seu texto e o seu blog, dei um olhada nele aqui, achei muito legal.
parabéns, vou seguir vc.

tchau.


http://norecreiozero.blogspot.com/ - 14/10